Tag Archive: Christian Duurvoort


Natureza ... na preparação de elenco • foto sandra alves

A caminhada é longa e em silêncio. É o inicio, de todos os dias e de uma jornada. Não há respostas e as dúvidas brotam assim como as pegadas no chão sagrado da realeza verde da mata. É preciso concentração. É preciso vigor. Reflexão. Ação. Exposição.

Vera Longo na mata pra preparação de elenco • foto sandra alves

Assim tem sido a vivência dos atores de Rendas no Ar, que estão exercitando e aprimorando os sentidos durante a preparação de elenco com Christian Duurvoort.

Christian Duurvoort em caminhada matinal da preparação de elenco • foto sandra alves

Christian é ator, diretor e foi responsável pela preparação dos atores de produções como Ensaio sobre a Cegueira, O Banheiro do Papa e Cidade dos Homens.
A preparação para Rendas no Ar acontece no espaço da ONG Usina da Alegria Planetária, sediada em Cotia-SP, e produtora associada do longa-metragem. Após a temporada paulista, o grupo continua as atividades em Santa Catarina.

preparação de elenco • foto sandra alves

Christian Duurvoort e Vanderlei Silva na preparação de elenco • foto sandra alves

O elenco é formado por Marina Albuquerque, Chico Caprário, Renato Turnes, Nara Sakarê, Rejane Arruda, Lilih Curi, Deborah Finocchiaro, Melissa Ferreira, Marco Canonici, Ilze Körting, Angélica Figuera, Vanderlei Silva, Ivo Müller, Luciano Martins e Souza.

Christian Duurvoort , Vanderlei Silva e Ivo Müller em leitura de roteiro, durante a preparação de elenco • foto sandra alves

Através do método do Ator Imaginário ( http:\\atorimaginario.wordpress.com ), criado por Duurvoort, os atores buscam o auto conhecimento, a sua auto cura, a lembrança de conflitos e principalmente a sua própria força. A partir destes exercicios, vão se definindo as personagens e suas nuances.

Quer saber mais? Acompanhe um pouco desse rico universo de Rendas no Ar.

Natureza ... na preparação de elenco • foto sandra alves

Atrizes Marina Medeiros e Rejane Arruda na preparação de elenco com Christian Duurvoort • foto sandra alves

Tem sido intenso e com muito prazer.
Tenho uma preparação minimalista feito sushi, que eu adoro.
Estou no meio e ainda tenho a Lilith…
Eu abri mão de planejamento. Estou em crise criativa jorrando por todos os lados.
Os atores estão rendendo muito. A proximidade, ou melhor a intimidade que se estabelece com a equipe de arte, sobretudo com o trabalho do Kabila, inspira todos nós.
O vento, a luz, as caminhadas em silêncio, as palavras benditas, os olhares, a convivência, o chão sagrado, o corpo sagrado, o dia, carpe diem, a Pamela, as atrizes, os atores, as relações… tudo inspira.
Temos interagido com tudo isso ao invés de nos fecharmos numa sala estamos expandindo. Feito poesia que quando se lê preenche o espaço.
• foto sandra alves “] 

Atrizes Nara Sakarê e Angélica Figuera na preparação de elenco com Christian Duurvoort • foto sandra alves

Personagens Lilith e Ana na preparação de elenco com Christian Duurvoort • foto sandra alves

Meu objetivo inicial é baixar a ansiedade para que possamos gozar de nossa imaginação e das nossa capacidade de atuação. Os atores do elenco são todos muito bons. Independente de sua formação. As escolhas foram excelentes até agora.

Atores Marina Medeiros, Angélica Figuera, Ivo Müller e Vanderlei Silva na preparação de elenco com Christian Duurvoort • foto sandra alves

Christian Duurvoort e Ivo Müller na preparação de elenco • foto sandra alves

A nossa dinâmica de trabalho é assim: Todo dia caminhamos uma hora e depois improvisamos por 15 ou 20 minutos. Todos entendem o sentido disso. Ir pela estrada a fora é ir ainda mais para dentro de sua natureza. Cada dia aquela paisagem muda em homenagem a aquela personagem ou tema que estamos trabalhando.
Eu trabalho primeiro por temas depois relações, situações e depois personagens. Estabelecemos nosso material e nos apropriamos do material do roteiro com toda liberdade. O processo equivale a uma re-escrita do roteiro.

Atores Marina Medeiros, Angélica Figuera, Ivo Müller e Vanderlei Silva na preparação de elenco com Christian Duurvoort • foto sandra alves

Meu propósito é fortalecer as motivações dos atores para que possam agir e se permitir ver, do modo que está estabelecido no roteiro. Ao mesmo tempo desenvolvemos nuances, texturas, tramas internos e externos para preencher os espaços da dramaturgia e interagir com as paisagens que os humanos e o ambiente criam.

Natureza no entorno da região do sítio da Usina da Alegria Planetária, produtora associada do filme Rendas no Ar, que está acolhendo a primeira fase da preparação de elenco • foto sandra alves

Vera Longo e Christian Duurvoort em caminhada matinal da preparação de elenco • foto sandra alves

O feminino, a Morte, o Sexo, as convenções, o apego são temas do filme Rendas no Ar, que agora evoluem para a perda de si, a entrega, a tolerância, a luxúria, a devoção, a exclusão são os temas desta segunda semana. Já na terceira será a Destruição, que por si só não permite outros temas mas variações: Submersão, Lama, Caos, Explosão, Peste, Raiva, Guerra,… que levam, se houver sobreviventes, a um novo começo onde algo que foi arrancado do seu conforto encontra uma Paz.
Escrevo no calor do momento por que não sei se terei tempo para mais… Texto Christian Duurvoort
Conheça mais:  http://atorimaginario.wordpress.com/

Christian Duurvoort na preparação de elenco do longa Rendas no Ar • foto sandra alves

preparação de elenco • foto sandra alves


Christian Duurvoort, preparador de elenco do longa Rendas no Ar * foto sandra alves

 

Christian Duurvoort, preparador de elenco do longa Rendas no Ar, da Vagaluzes Filmes, é um dos mais requisitados profissionais dessa área na atualidade. Preparou os atores de Ensaio sobre a Cegueira (Fernando Meirelles), O Banheiro do Papa (César Charlone e Enrique Fernández), Xingu (Cao Hamburguer) e para a série de TV Cidade dos Homens. Em 2010 participou em Nova Iorque da seleção dos atores para uma produção da Warner Bros, com direção de Stephen Daldry (de As Horas, O Leitor e Billy Eliot).

Ator e diretor, Duurvoort define preparação como uma síntese entre o trabalho do ator e diretor. Criador do método do Ator Imaginário. Construiu seu método, centrado na ação física do ator, a partir de experiências pessoais. “Existe necessidade do ator experimentar a dramaturgia longe do diretor, ter uma partitura de movimentos, conhecer seu corpo. O cinema é muito mecanizado, e o resultado pode ser desumano. Procuro humanizar e desmecanizar”, diz.

Durante um período que pode ser de até dez semanas, com participação ou não do diretor, não se limitando estritamente ao roteiro, a preparação de Duurvoort auxilia as decisões do diretor sobre o elenco, revela potenciais ou impossibilidades dos atores, proporciona aprendizados que poderiam ser inviáveis no set e mostra aspectos a serem ajustados no roteiro. Com uma estrutura diferente do teatro, uma diversidade de elementos em cena (câmeras, iluminação, maquinaria) e uma diária de trabalho que pode durar até 12 horas, o cinema exige uma postura diferenciada dos atores, que, como ele considera, não se aprende na escola.

Com o Ator Imaginário, para obter um maior repertório de movimentos dos atores, Duurvoort procura desenvolver concentração, flexibilidade (física e mental), disponibilidade (o que o ator pode suportar, o que o faz se reconhecer numa situação), disciplina (busca do ator por aquilo que faz bem a ele) e imaginação (atrelada à fé e motivação). O objetivo é alcançar unicidade e qualidade na atuação do conjunto de atores, que mergulham no filme antes dele começar de fato. Seu método, sua aguda observação e conhecimento da alma dos atores foram essenciais, por exemplo, para o resultado final de Ensaio sobre a Cegueira: “Tínhamos 700 pessoas, ninguém se machucou e não ficou parecendo um filme de zumbis”, conta.

A Vagaluzes Filmes tem o prazer de contar com a participação de Christian Duurvoort na equipe do longa Rendas no Ar.

Ele fará a oficina ‘Ator Imaginário’, no teatro da FAAP, de 21 de fevereiro a 4 de março, 2011. Apareçam!

http://atorimaginario.wordpress.com/” http://atorimaginario.wordpress.com/