Museu do Lixo

Museu do Lixo é parceiro de Rendas no Ar

Piano, violino, câmeras fotográficas, fotos de casamento, sapatos sem par, máquinas de costura de ferro pintadas delicadamente com flores. Em meio ao lixo coletado todos os dias, garis de Florianópolis passaram a separar objetos interessantes que ainda carregavam muitas possibilidades. Esse acervo, nascido da curiosidade e da sensibilidade dos garis e do coordenador do museu Valdinei Marques, deu origem ao Museu do Lixo da Companhia de Melhoramentos da Capital (Comcap), criado em 2003, e evitou que essas peças, plenas de história e passíveis de voltar à vida, acabassem no aterro sanitário.

Uma dessas possibilidades de reutilização dos objetos será proporcionada pelo filme Rendas no Ar. O Museu do Lixo tornou-se parceiro do filme e irá emprestar peças do seu acervo para compor cenários e ambientações. Valdinei recebeu a direção e a equipe de direção de arte do filme numa visita exploratória. Artista plástico, expõe ali obras feitas com lixo reciclado e interpreta o personagem Reiciclagem em visitas escolares.

Ele fala sobre a parceria com o filme e as peculiaridades desse espaço: Para o Museu do Lixo, apoiar o filme é um crescimento muito grande. Novos parceiros e amigos nos mostram cada dia mais que este espaço tem que resistir. Sem planejar, temos peças para todos os temas e mídias. Este é um museu em movimento, interativo, não estático. As pessoas que visitam e usam as peças estão resgatando seu valor histórico e sentimental. Matérias de jornal, de TV, filmes e peças de teatro, falando desse objetos fazem com que a história deles continue.

Vera Longo, da Vagaluzes Filmes e Valdinei Marques, coordenador do Museu do Lixo

Museu do Lixo

Piano, Museu do Lixo

Vida e arte

Este lugar desperta o artista dentro da gente. Na conversa com as crianças, elas criam fábulas com o lixo, e acontece uma mudança da percepção delas sobre o que é lixo. Na hora que vai escurecer, quando fechamos as portas, parece que as peças começam a conversar umas com as outras, e tem que ter sensibilidade para ouvir tudo isso.

O Museu do Lixo está aberto a receber doações. Informações pelo telefone 48 3338-3031.

Saiba mais:

http://www.pmf.sc.gov.br/entidades/comcap/index.php?cms=museu+do+lixo&menu=5

MAIS FOTOS:  https://www.facebook.com/RendasnoAr?ref=ts

Diretor de Arte Renato Bolelli Rebouças da Usina da Alegria Planetária, associada da Vagaluzes Filmes

Cadeira de Dentista, Museu do Lixo

Artista plástico Beto Guilger  da Usina da Alegria Planetária, associada da Vagaluzes Filmes

Dinheiro, Museu do Lixo

fotos Sandra Alves

http://www.vagaluzesfilmes.com.br

Anúncios